Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Prefeitura de Parauapebas inicia campanha de alerta para saúde mental

  • Acessos: 253
imagem sem descrição.

Desenvolvida pela Semsa, “Janeiro Branco” pode se estender para outros meses devido a transtornos mentais provocados pela pandemia da covid-19

Com o slogan “Pacto pela saúde mental: todo cuidado conta! Quem cuida da mente, cuida da vida”, a Prefeitura de Parauapebas deu início à campanha Janeiro Branco para sensibilizar a população em geral para a necessidade do cuidado e atenção à saúde mental, sendo que neste ano o foco da campanha é o bem-estar mental dos servidores da Saúde.

Em Parauapebas, a campanha já está em seu segundo ano, numa iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), por meio do Departamento de Educação na Saúde e Humanização/Saúde e Segurança do Trabalhador, que ao longo deste mês realizará diversas ações para os servidores em seus locais de trabalho, como palestras e roda de conversa com orientações sobre saúde física e mental.

Palestras também já estão sendo realizadas aos usuários que aguardam por consulta médica. Na Policlínica de Parauapebas, a campanha foi oficialmente lançada na última segunda-feira, 11, com palestra ministrada pela psiquiatra Marian de Andrade e a psicóloga Anny Pontes. O mesmo vem ocorrendo nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) sempre com o mesmo foco: conscientizar e orientar os usuários sobre a saúde mental e emocional.

Para o secretário de Saúde, Gilberto Laranjeiras, a campanha precisa ser contínua e não apenas em janeiro principalmente em virtude de uma pandemia que tem elevado o número de casos de depressão, ansiedade e outros transtornos mentais na população.

“Um fator agravante em 2020 e 2021 é que, nesse período de pandemia, o isolamento social e o aumento da desigualdade são alguns dos fatores que facilitam o sofrimento psíquico”, aponta Laranjeiras.

Tratamento na rede SUS

A Semsa oferece atendimento especializado em saúde mental em toda a rede. A pessoa que precisa de cuidado ou tratamento, em casos leves, pode procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de sua casa; em casos mais graves, a procura deve ser pelo Centro de Atenção Psicossocial (Caps).

O Caps possui uma equipe multiprofissional especializada em saúde mental para garantir tratamento e reinserção social de pessoas com transtorno mental persistente e severo. Cuidam ainda de dependentes de álcool e de drogas.

Serviço: Em Parauapebas, o Caps fica localizado na rua C, n° 169, lotes 30 a 32, - bairro Cidade Nova.

 

Texto/Fotos: Comunicação Semsa
Assessoria de Comunicação – Ascom/PMP

GALERIA DE IMAGENS
registrado em:
Assunto(s): janeiro branco
Fim do conteúdo da página