Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Direitos e deveres são reforçados na 24ª Semana do Meio Ambiente

  • Acessos: 225
imagem sem descrição.

A comunidade esteve envolvida com as ações socioeducativas realizadas na cidade e na zona rural durante a 24ª Semana do Meio Ambiente, que teve como tema “Direitos e Deveres”, realizada no período de 2 a 7 deste mês, em alusão ao dia mundial do meio ambiente, comemorado em 5 de junho.

A programação encerrou com uma blitz educativa e limpeza das margens do rio Parauapebas no bairro Liberdade 1. E, além dos servidores, a ação contou com o apoio de estudantes da Escola Estadual Marluce Massariol. “Já encontramos de tudo! Sofá, geladeira, partes de bicicleta e muito lixo doméstico, uma tristeza”, afirmou Caroline Rodrigues, aluna do 1º ano.

“É muito importante esse envolvimento porque as pessoas precisam se conscientizar que devem cuidar para viver num ambiente limpo e sadio”, alertou o estudante Paulo Henrique.

As atividades iniciaram com o passeio ecológico, que reuniu 250 ciclistas na descida do aeroporto de Carajás com destino ao PIPA, no dia 2. A ideia foi levantar a bandeira do uso de transporte não poluente. E por falar em PIPA, as crianças e adolescentes atendidas pelo Centro de Convivência participaram da oficina de confecção de brinquedos com material reciclável.

“A gente não jogou no lixo e fez várias coisas. Eu fiz um tamborzinho com lata e achei muito legal”, afirma a pequena Evellyn dos Santos, de 7 anos.

“Nós trabalhamos vários assuntos dentro da temática meio ambiente, como poluição sonora, queimadas e recursos hídricos”, detalha Francilma Dutra, coordenadora da Semana do Meio Ambiente. 

A programação realizada pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMMA) contou com a parceria da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SEMURB), Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Parauapebas (SAAEP), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBIO) e Centro de Educação Ambiental (CEAP).

“O objetivo é incentivar a mudança de comportamento do cidadão desde cedo. Para que o comportamento das pessoas reflita na melhoria da qualidade de vida no meio que ela está inserida”, conclui Dion Leno, secretário de Meio Ambiente de Parauapebas.

Texto: Anne Costa

Fotos: Lucas Dias

Assessoria de Comunicação – Ascom/PMP

 

 

 

 

GALERIA DE IMAGENS
registrado em:
Fim do conteúdo da página