Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

PROERD FORMA 400 ALUNOS PARA COMBATE ÀS DROGAS E À VIOLÊNCIA

  • Acessos: 780
imagem sem descrição.

De iniciativa da PM, programa também contribui para

aproximar polícia da comunidade escolar

Cerca de 400 alunos das escolas municipais Olga da Silva e Domingos Cardoso foram certificados na noite do dia 12 deste mês pela conclusão de cursos de formação do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd). O evento reuniu familiares dos alunos, educadores e autoridades municipais na Câmara de Vereadores.

Realizado em parceria com a Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), o programa tem por objetivo prevenir e reduzir o uso indevido de drogas e a prática de violência entre os estudantes. Os cursos foram instruídos pela cabo Regiane Cristina Oliveira Fernandes e a soldado Aldila Naiara Neris Morais, do 23° Batalhão da Polícia Militar de Parauapebas (BPM), durante aproximadamente três meses.

O Proerd ainda permite uma maior aproximação da PM com a comunidade desmistificando a imagem distorcida que crianças ainda têm da polícia. Durante o evento, era visível a aproximação e interação entre as instrutoras e os alunos. “Eu me sinto honrada de ter contribuído com o projeto. Os alunos são carinhosos e demonstram o amor que sentem por nós e esse também é um dos nossos objetivos: aproximar a Polícia Militar da comunidade”, disse a soldado Aldila.

No final do programa, os estudantes produziram redações com opiniões sobre o que aprenderam no curso. Três textos foram selecionados e lidos durante a cerimônia de formatura pelo comandante do 23º BPM, tenente-coronel José Wilson de Moura; pela promotora de Justiça Magdalena Torres e pelo secretário municipal de Educação, Raimundo Neto. 

Os alunos que se destacaram com suas redações foram agraciados com premiações. Jamilly Pereira Silva, aluna do 6°ano da Escola Olga da Silva, conquistou o 1º lugar e ganhou uma bicicleta. Beatriz Dos Santos Silva e José Armando Aragão Lima ficaram em 2ª e 3ª colocação, respectivamente. (Confira as redações ao final da matéria) 

Após as premiações e homenagens, os educandos fizeram os votos e no final todos os formandos entoaram a canção do Proerd, acompanhados pelas instrutoras e o Leão Dare, mascote do projeto.

O CURSO 

O Proerd é um programa de abrangência nacional, implantado no País em 1992 pela Polícia Militar, que busca a proteção e valorização da vida por meio de atividades educacionais realizadas em sala de aula, visando prevenir e reduzir o uso indevido de drogas e a prática de violência entre os estudantes, utilizando a forma de “Força tarefa”.

“Esse foi o primeiro ciclo do programa. Atendemos 475 alunos do 5º ano das escolas municipais Olga da Silva e Domingos Cardoso, na faixa etária entre 9 e 12 anos. E para o próximo ano pretendemos atender mais escolas”, antecipou a soldado Aldila.

O programa contempla dez lições aplicadas semanalmente e as habilidades adquiridas ao longo desse período vão muito além das questões das drogas, pois possibilitam escolhas saudáveis e maduras em todos os aspectos da vida dessas crianças.

“É uma satisfação poder contribuir para a formação dessas crianças. As escolas estão de parabéns pela reciprocidade junto com a Polícia Militar. Hoje, cerca 400 alunos estão se formando. Nossa meta é até o final do próximo ano atender três mil estudantes. Precisamos ampliar essa rede de proteção”, defendeu o comandante do 23º BPM, tenente-coronel José Wilson de Moura, ressaltando a importância do projeto e sua ampliação em 2019.

Para o secretário municipal de Educação, Raimundo Neto, esse é um trabalho extraordinário. “A PM está construindo parceria com a Semed, com a sociedade para não só reprimir, mas também educar. A Semed tem um trabalho permanente dentro das escolas realizado pelos nossos professores e nossa equipe pedagógica. E a Polícia Militar veio somar”, enfatizou o secretário.  


REDAÇÕES VENCEDORAS

Tema: O que você aprendeu com o Proerd?

1º Lugar: Jamilly Pereira Silva – Escola Olga da Silva Sousa  

Durante todo o Proerd eu aprendi muita coisa legal e interessante, são coisas que eu nunca vou esquecer. Nós do 5º Ano 06 já estudamos sobre “Modelo de tomada de decisão”, que é definir, analisar, atuar e avaliar situações positivas e negativas etc. Então assim o Proerd traz alegria, esperança e segurança.E eu espero que o Proerd vá bem longe com esse trabalho tão especial e generoso. Assim outras crianças vão ter a oportunidade de aprender coisas novas. Meu sonho é ser um amigo Proerd igual ao “Matheus, João, Sophia e o Denis”, para eu continuar participando de todas as aulas do Proerd porque isso foi uma experiência muito bacana.Vou sentir tanta saudade do Proerd. Por mim, ele me acompanhava a vida toda. Estou muito grata por tudo que a Polícia Militar (PM) fez por mim e pelos meus amigos, isso vai ficar marcado na minha vida.Polícia Militar, obrigado por tudo! Que vocês continuem com esse trabalho tão lindo que Deus colocou no coração de vocês.

2º Lugar: Beatriz Dos Santos Silva - Escola Domingos Cardoso da Silva

Eu aprendi no Proerd que podemos combater as drogas com um simples gesto bondoso. Ele me ajudou a controlar os meus impulsos e pensar nos riscos e consequências de cada escolha que eu fizer. Serei mais responsável, sei que consigo.E também fazer escolhas saudáveis, não somente com as drogas, mas em todos os aspectos da minha vida. Os policiais são muito educados e gentis. E que bebidas alcoólicas e cigarros podem causar mal à saúde, e se eu vê pessoas consumindo o tabaco e ficar por perto vou estar me tornando um fumante passivo. E se tiver amigos que ofereçam bebidas, cigarros ou até mesmo drogas, dizer não, evitar estar por perto e inventar desculpas. Aprendi quais são os meios de comunicação que são exigentes, confiantes e inseguros. Que sempre temos que ser confiante. Que o bullying é uma coisa séria e que devemos contar para uma pessoa que possa nos ajudar.Você pode contar para uma professora ou até mesmo para os policiais do Proerd, que eles vão ajudar você ou alguém próximo. Também aprendi quais são os sinais de tensão e como evitar a pressão dos colegas etc. Eu amo o Proerd. Ele me ajudou muito, minha vida mudou totalmente depois que comecei a participar desse programa. PROERD É A SOLUÇÃO!

3º Lugar: José Armando Aragão Lima – Escola Olga da Silva Sousa 

Com o Proerd eu aprendi coisas muito importantes e úteis, por exemplo: aprendi que a bebida alcoólica deixa o cérebro e o corpo mais lentos, aprendi que fumar causa câncer e doenças cardíacas.Com o Proerd também entendemos que não devemos usar drogas e sim se afastar delas. É isso que o torna tão especial, por que ele incentiva os jovens a não usar drogas.Só que no Proerd eles não ensinam só sobre bullying, eles ensinam também que não devemos fazer bullying com ninguém. Eu aprendi muita coisa no Proerd, e eu sou muito grato porque essas coisas que eu aprendi vão ser muito úteis no meu futuro. 



Texto e fotos: Sandra Bispo | Semed
Assessoria de Comunicação - Ascom | PMP


{gallery}/Fotos2018/SEMED2/PROERDFORMATURA{/gallery}
registrado em:
Fim do conteúdo da página