news subheader Notícias

COMEÇA HOJE I MOSTRA DE MÓVEIS DE PARAUAPEBAS

A partir desta quinta-feira, 11, a população de Parauapebas terá oportunidade de conhecer os móveis pensados e construídos pelo Polo Moveleiro de Parauapebas. Serão montados 15 ambientes – salas de estar e de jantar, cozinha, escritório - no hall do Partage Shopping e ali irão permanecer até o dia 10 de junho deste ano.

Os ambientes, com rústicos e belos móveis, estão decorados com artesanato da Cooperativa Mulheres de Barro. 

A exposição visa a divulgar o Polo Moveleiro, que reúne 96 movelarias e emprega cerca de 300 trabalhadores. “São profissionais simples, mas com uma enorme capacidade de produção”, reconhece o coordenador do Polo, Luís Mendes.

Apesar de criado em 2007, o local ainda é desconhecido por boa parte da população de Parauapebas, e a Prefeitura de Parauapebas quer reverter esse quadro e transformar o Polo num grande ponto de atração de vendas. 

Para isso, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento (Seden) já planeja construir o Centro de Exposição. “Nós vamos voltar a colocar o Polo Moveleiro em evidência. Estamos trabalhando pra isso porque muita gente de Parauapebas sequer sabe onde fica”, diz Luís Mendes. 

O titular da Seden, secretário Isaías Queiroz, explica que o centro somente não será construído neste ano porque o orçamento aprovado, em 2016, para o Polo, é muito pequeno. “Já para 2018 essa questão orçamentária deverá mudar”, prevê ele.

Melhoria da infraestrutura e parceria com a Vale

O primeiro passo para o crescimento do Polo será investir em toda a infraestrutura necessária para o funcionamento e reorganização do local, que já vem sendo invadido. A Seden já vem conversando com a Celpa e o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saaep), para garantir água e energia que atenda toda a demanda do Polo.

Enquanto isso, a pedido da Seden, a Secretaria Municipal de Obras (Semob) abriu licitação para a produção das placas de identificação da área, que fica na PA-160. Outro passo importante está numa parceria com a Vale, para que a empresa doe madeira legal para o Polo, o que vai impulsionar mais ainda o setor, que é organizado pela Cooperativa da Indústria Moveleira e Serradores de Parauapebas (Coopmasp).

O secretário de Desenvolvimento diz que as conversas estão avançadas e a parceria poderá ser fechada até agosto deste ano, para doação de 180 mil metros cúbicos de madeira. Confirmada a parceria, os móveis do Polo terão preços mais baixos e atraentes para o consumidor.

Outro passo bem importante será formalizar a maioria dos moveleiros, que, por falta de apoio e orientação, permanecem como pessoas físicas. “Com a formalização, eles finalmente poderão ter acesso a financiamentos, emitir nota fiscal, participar de licitações. Tudo isso levará mais emprego e renda para o Polo e vai contribuir muito para o desenvolvimento de Parauapebas”, pontua Luís Mendes.

Texto: Hanny Amoras
Assessoria de Comunicação - Ascom | PMP


Lido 682 vezes
Avalie este item
(3 votos)

ouvidoria 5

ctic

ATENÇÃO: Para uma melhor navegação utilizar google Chrome! Google Chrome logo

JoomShaper