Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

“OUTUBRO ROSA” É ENCERRADA COM MAIS DE 500 MAMOGRAFIAS EM PARAUAPEBAS

  • Publicado: Terça, 06 de Novembro de 2018, 19h13
  • Acessos: 122
imagem sem descrição.

Com a chegada da “Novembro Azul”, campanha volta-se

para prevenção do câncer de próstata

Apresentação da banda da Guarda Municipal, capoterapia, teatro de fantoches, zumba, caminhada, palestras, bate-papo e lançamento da Campanha Novembro Azul. Essas foram as ações que marcaram, ao mesmo tempo, o encerramento da Campanha Outubro Rosa e o lançamento do Novembro Azul. Foi na última quinta-feira, 31, na Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Palmares Sul.

O evento é promovido pela Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e da Rede de Atenção à Pessoa com Doença Crônica (DCNT). 

Sobre o Outubro Rosa, a coordenadora da Rede de Atenção à Pessoa com Doença Crônica (DCNT), Silvana Manito, informou que durante todo o mês foram realizadas mais de 500 exames de mamografia nas zonas urbana e rural do município, rodas de conversa, palestras sobre alimentação saudável, consultas e arrecadação e doação de lenços para a cabeça, que foram entregues ao Instituto Vencendo o Câncer (Ivecan).

“Estamos encerrando a campanha Outubro Rosa com a realização de mais de 500 exames de mamografia, mas com a consciência de que o nosso trabalho não para por aqui, pois daremos continuidade, atendendo todas as mulheres que ainda não conseguiram realizar seus exames”, avisou Silvana Manito.

Para a dona de casa Alzira da Silva, as ações da Campanha Outubro Rosa foram excelentes. “Consegui sanar todas as minhas dúvidas sobre o câncer de mama através das palestras e das orientações profissionais”, opinou ela. Já a autônoma Maria da Graça Silva aproveitou as ações pra participar da caminhada e da aula de zumba. "Adorei ter participado das atividades físicas. Agora, me sinto mais disposta pra enfrentar as obrigações do dia a dia", disse a autônoma.

TUDO AZUL

A Campanha Novembro Azul foi lançada com uma palestra sobre a saúde do homem e os cuidados que ele deve tomar para prevenir e combater o câncer de próstata. E quem prestou bastante atenção foi o aposentado João Silva. “Gostei muito da palestra, tive muito aprendizado sobre a saúde do homem”, disse ele.

A partir desta terça-feira, 06, até o próximo dia 14 a Semsa irá promover várias ações para estimular a população masculina de Parauapebas a se cuidar. Nas Unidades Básicas de Saúde das zonas urbana e rural do município, serão realizadas palestras, solicitação de exames complementares para diagnóstico de câncer de próstata e mutirão de atendimento aos idosos usuários do SUS. “Teremos ações de promoção e prevenção contra o câncer de próstata, que é o de maior incidência nos homens. Por isso que estaremos realizando diversas ações nessa primeira quinzena de novembro, que é o período de reforçar a saúde dos homens”, enfatizou Silvana Manito.

O CÂNCER DE PRÓSTATA

Conforme dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), no Brasil o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, ficando atrás apenas do câncer de pele não-melanoma. Em valores absolutos e considerando ambos os sexos é o quarto tipo mais comum e o segundo mais incidente entre os homens.

Em 2013, o câncer de próstata matou 13.772 homens. Para este ano, a estimativa do Inca é que surjam 68.220 novos casos, dos quais 2,7 mil na região Norte, que apresenta o menor índice da doença entre todas as regiões brasileiras, sendo que o Pará tem os números mais preocupantes: agora em 2018, segundo o Inca, o Estado deverá registrar 1.060 novos casos de câncer de próstata, dos quais 340 na capital, Belém. 

O câncer de próstata é considerado uma doença da terceira idade, já que cerca de três quartos dos casos no mundo atacam homem a partir dos 65 anos. Quando diagnosticado e tratado no início, tem os riscos de mortalidade reduzidos. Daí a importância de o homem realizar exame pelo menos uma vez ao ano. 

A próstata é uma glândula que somente o homem possui. Situa-se logo abaixo da bexiga e à frente do reto. A próstata envolve a porção inicial da uretra, tubo pelo qual a urina  armazenada na bexiga é eliminada. Ela produz cerca de 70% do sêmen e representa um papel fundamental na fertilidade masculina.

Uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais e com menos gordura, principalmente as de origem animal, ajuda a diminuir o risco do câncer. Especialistas recomendam pelo menos 30 minutos diários de atividade física, manter o peso adequado à altura, diminuir o consumo de álcool e não fumar.

SINTOMAS

Os sintomas mais comuns do tumor são a dificuldade de urinar, frequência urinária alterada ou diminuição da força do jato da urina, dentre outros. Quem tem histórico familiar da doença deve avisar o médico, que indicará os exames necessários.Alguns desses tumores podem crescer de forma rápida, espalhando-se para outros órgãos e podendo levar à morte. A grande maioria, porém, pode levar até 15 anos para atingir um centímetro, não dando sinais durante a vida. 

 

Texto: Janaina Ravanelli|Semsa
Fotos: Luciano Silva|Semsa
Arte: Rafael Legulli|Ascom
Assessoria de Comunicação - Ascom | PMP



  • IMG_2922
  • banner
  • outubrorosa
  • outubrorosa2
  • outubrorosa3
  • outubrorosa4
  • outubrorosa5
  • outubrorosa6
  • outubrorosa7

Galeria de Imagens

registrado em:
Fim do conteúdo da página