Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

PREFEITURA RETOMA OBRAS DO PROJETO NOVA CARAJÁS IX 

  • Publicado: Terça, 25 de Setembro de 2018, 21h28
  • Acessos: 400
imagem sem descrição.

Em duas etapas serão construídas 1.194 novas moradias para famílias de menor renda dentro do Programa Minha Casa Minha Vida

As obras do Projeto Nova Carajás IX foram retomadas e ocorrerão em duas etapas, sendo que na primeira serão edificadas 696 unidades habitacionais enquanto que na segunda serão construídas 498 moradias. A Amec Construtora LTDA é a empresa responsável pela conclusão das obras do empreendimento que beneficiará mais de mil famílias com moradia digna.

A retomada do projeto se torna realidade após a Prefeitura de Parauapebas executar o processo de retirada das famílias que ocupavam irregularmente a área há algum tempo. Diante da necessidade de ofertar um lar a quem mais necessita, a gestão municipal intermediou a desocupação da área localizada no bairro Nova Carajás.

A ação ocorreu de forma pacífica, durante toda a semana passada, e reuniu esforços das secretarias de Habitação (Sehab), Obras (Semob), Serviços Urbanos (Semurb) e de Segurança Institucional (Semsi), por meio da Guarda Municipal.

Das 738 famílias que ocupavam a área do projeto, 94 foram levadas para um local provisório localizado no bairro Alvorá. As demais famílias preferiram ir para casas de parentes e amigos.

Durante o início da ação de remanejamento, que contou com a presença do prefeito Darci Lermen e da secretária adjunta de Habitação, Andréia Lima, dentre outras autoridades municipais, a comunidade ofereceu um café da manhã como agradecimento ao governo pela sensibilidade de intervir no processo a fim de que as famílias não ficassem desemparadas.

“Esse lugar tem todas as condições necessárias para abrigar bem essas famílias. Essas pessoas estão indo para o abrigo provisório para que, em breve, tenham um lugar perfeito pra morar, um lugar bonito, um lugar digno. Esse programa habitacional é pra quem precisa. Nós sempre falamos isso e assim vai ser. Aqueles que precisam, nós vamos fazer os encaixes direitinho, já está sendo feito todo o trabalho e eu vim aqui pra dizer que estou com vocês”, assegurou Darci Lermen.

De acordo com a assistente social da Sehab, Roseliana Brito, as famílias foram direcionadas ao abrigo provisório a partir do entendimento da gestão de que era necessário o amparo a elas.

“Foi uma causa que o governo abraçou. E o serviço social da Sehab está todo aqui pra dar apoio às famílias na questão do remanejamento, direcionando-as para um local mais adequado, mais digno de moradia”, ressaltou.

Atividades como palestras, serviços essenciais de saúde e assistência social estão em planejamento para atender as famílias que estão no abrigo provisório. A dona de casa Milena Costa, casada e mãe de duas crianças, é uma das pessoas atendidas e satisfeitas com a iniciativa da prefeitura. “É bom pra gente porque a maioria desse povo não tem lar pra morar e esse abrigo foi um motivo bom pra fazer nossas casas”, disse.

COMPARECIMENTO À SEHAB

A construção do Nova Carajás IX vai contemplar, incluindo suas duas fases, 1.194 famílias de menor renda. Trata-se de um projeto do governo federal que faz parte do Programa Minha Casa Minha Vida, por meio do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), tendo como agente financiador o Banco do Brasil.

Serviço: As famílias que optaram em residir na casa de parentes deverão comparecer ao Setor de Cadastro da Sehab, localizado na rua M, n° 180, bairro União, no horário de atendimento de 8h as 14, para atualizarem o novo endereço em que se encontram.

Atenção! A atualização é necessária para inclusão no banco de dados para acesso a programas habitacionais do município.


Texto: Jéssica Borges e Rayssa Pajeú
Fotos: Bruno Cecim - Helder Messiahs
Assessoria de Comunicação - Ascom | PMP


  • IMG_0016
  • IMG_0050
  • IMG_0069
  • IMG_2940
  • IMG_2944
  • IMG_2952
  • IMG_2953
  • IMG_2960
  • IMG_2964
  • IMG_2975
  • IMG_2977

Galeria de Imagens

registrado em:
Fim do conteúdo da página